Projetos analisados pelo PMC para o ano 2017

O PMC-IPB analisou todos os Projetos recebidos e após avaliação estratégica e financeira pelo Comitê Gestor do Fundo Missionário da IPB, vem comunicar aos Proponentes o seguinte resultado final nos termos do Edital de Projetos e Regimento Interno do PMC:

Aditivos Aprovados:

IP de Maceió – AL Aditivo Revitalização
Barra Funda – SP – Aditivo Consolidaçao
Quinta Ip de Colatina – ES – Aditivo Consolidaçao
Tijucas – SC Aditivo Consolidaçao
Maia Praia – SC Aditivo Consolidaçao
Planalto – PR Aditivo Consolidaçao
Venda Nova do Imigrante – ES Aditivo Consolidaçao
Barreicos – SC Aditivo Consolidaçao
IP das Graças em Betim – MG Aditivo Consolidaçao
Osternack – PR Aditivo Consolidação

Projetos Aprovados (com ressalvas)

Projeto Proponente Ressalvas para Assinatura do Contrato
Jardim Renascer – MT IP Jardim Guanabara Acompanhar Remessas ao SC
Pilar do Sul – SP IP de Itapetininga Acompanhar Remessas ao SC
Karisma – BA IP de Portão Acompanhar Remessas ao SC
São Dimas – SP IP no Jardim Imperial Adequação de Valores e CTM/PLANTADOR 2016
Bairro Novo – Vila Tecnológica – PR IP do Parque do Iguaçu CTM/PLANTADOR 2016
Palmas Oeste – TO Presbitério do Tocantins CTM/PLANTADOR 2016
Fraiburgo – SC IP de Herval D´Oeste CTM/PLANTADOR 2016
Guaíra – SP IP de Pinheiros CTM/PLANTADOR 2016
Sao Pedro D´Aldeia – RJ Presbitério Costa do Sol Adequação de Valores

Aditivos não Aprovados

Projeto Proponente Motivo
Funcionários – PB IPB de Mangabeira Projeto já concluido – Igreja já organizada
Setor Industrial – RO Presbitério Central de Rondônia Documentação insuficiente

Projetos Novos NÃO APROVADOS

Projeto Proponente Motivo Recomendação
 Calvário – MG IP Aliança Projeto Incipiente Retornar novo Projeto em 2017
Santos Dumont – MG Segunda IP de Juiz de Fora Projeto Incipiente Retornar novo Projeto em 2017
Jardim Dora – SP IP Unida de Suzano Documentação não enviada via Sistema online
Mario Dedine – SP IP de Piracicamirim Projeto Incipiente Retornar novo Projeto em 2017
Vila Rezende – SP IP de Piracicaba Projeto Incipiente Retornar novo Projeto em 2017
Esperança – CE IP em Juazeiro do Norte Projeto Incipiente Retornar novo Projeto em 2017

Projetos Novos – Revitalização de Igrejas

PROJETO CIDADE RESOLUÇÃO
2ª IPB Araruama – RJ Araruama Nao Aprovado – Ausencia de Projeto para Revitalização
Igreja Presbiteriana de Caçador – SC Caçador Seguir as Diretrizes aprovadas para Revitalização em 2017
Igreja Presbiteriana Ebenezer- SE Aracaju Seguir as Diretrizes aprovadas para Revitalização em 2017
Igreja Presbiteriana Jardim Canadá – MG Belo Horizonte Seguir as Diretrizes aprovadas para Revitalização em 2017
Igreja Presbiteriana de Pato Branco – PR Pato Branco Seguir as Diretrizes aprovadas para Revitalização em 2017

Processos para Revitalização de Igrejas (1)

DIRETRIZES PARA PROJETO2015-10-30-20-53-11S DE REVITALIZAÇÃO DE IGREJAS EM PARCERIA COM O PMC IPB

 

 

 

Rio de Janeiro, 30 de agosto de 2016.

O PMC-IPB em sua competência Regimental resolve aprovar as seguintes diretrizes estratégicas para parcerias e futuras parcerias em Revitalização de Igrejas. Todo projeto seguirá três fases. Para cada fase, neste processo de Revitalização, os proponentes e o Projeto, incluindo o Pastor-Revitalizador se submeterão aos critérios de avaliação do PMC para prosseguimento à fase seguinte.

Fase inicial – Identificação do futuro Projeto
1. O proponente (Conselho e excepcionalmente presbitérios) identificará a Igreja que deve passar por um processo de Revitalização e encaminhará oficio (com resolução, número de Ata e data da reunião e nome e endereço dos responsáveis: Presbíteros e Pastor) solicitando parceria para diagnostico e elaboração de Projeto de Revitalização.

2. O PMC-IPB através de sua agenda da Projetos em Revitalização entrará em contato com o Conselho postulante e agendará um primeiro contato para conhecimento prévio e levantamento das informações locais e agendamento do início do diagnostico para o processo de Revitalização da Igreja;

3. O PMC-IPB e Conselho postulante elaborarão um Pré-projeto que será enviado pelo Sistema Online do PMC e nos termos do Edital para Projetos de Revitalização para análise do Plenário em sua reunião imediata.

Fase local – Diagnostico para Revitalização

4. Sob a ação direta do PMC atraves dos principios teologicos da IPB, de From Embers to a Flame e, de outras organizações genuinamente biblico reformada (após aprovação do PMC), o Projeto passará por um processo de diagnostico no período de 08 a 12 meses;

5. Durante o processo de diagnostico, sob oração ao Senhor, com temor e tremor serão estabelecidos os parâmetros locais, pastorais, eclesiológicos e missionais para mensurar as possibilidades de revitalização da Igreja, apontando as diretrizes pastorais (Pastor e
Presbíteros) e as condições atuais e futuras para a revitalização da Igreja.

6. Após diagnostico será elaborado pelo PMC-IPB um relatório circunstanciado com os seguintes itens:

  1. Enfermidades espirituais encontradas e remédios apontados para saúde da Igreja
  2. Questionários aplicados ao pastor, conselho e Igreja apontando a veracidade do Diagnostico e as possíveis soluções, inclusive as possibilidades pastorais para condução do processo de revitalização da Igreja
  3. Participação do PMC-IPB e tempo provável para restabelecer a saúde e marcha da Igreja numa linha de tempo: 1, 2, 5 e 10 anos.
  4.  Elaboração e encaminhamento do Projeto final ao PMC, após 1 ano de treinamento e ajustes atraves do Processo de Revitalização.

Fase Denominacional – Consolidação do Processo

1. Após aprovação do PMC o projeto será acompanhamento mensal ou bimestralmente observando o cumprimento das metas e a aquisição de atitudes saudáveis em todo o decorrer do processo de Revitalização.
2. Pastores e Conselhos tambem serão acompanhados buscando a sua recuperação ministerial, orgânica e missional.
3. Em casos muitos especiais, Presbitérios poderão passar por um processo
de Revitalização, a partir da Revitalização de Igrejas locais.

Dr. Jedeias de Almeida Duarte, Rev

(Direitos reservados)

embers